Vila prega tranquilidade e tem 10 dias para treinar antes do clássico contra o Goiás
Postado: 05/10/2017 às 11:48

CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE B 2017

Vila prega tranquilidade e tem 10 dias para treinar antes do clássico contra o Goiás

Fora do G-4, jogadores e comissão técnica confiam na capacidade do grupo para disputa do acesso e afastam clima de desespero após derrota para o Ceará; equipe não tem desfalques por suspensão
Vila Nova tem 10 dias de preparação para clássico contra o Goiás (Foto: Comunicação / Vila Nova)

Vila Nova tem 10 dias para descansar, treinar e corrigir os erros antes da próxima partida na Série B do Campeonato Brasileiro. Depois da derrota para o Ceará na abertura da 28ª rodada, o Tigrão deixou o G-4 e, se quiser voltar à zona de classificação o mais rápido possível, terá que vencer ninguém menos do que o rival Goiás. O jogo será no dia 14 de outubro, no Serra Dourada.

Depois do tropeço em Fortaleza, a palavra de ordem no clube colorado é “tranquilidade”. Jogadores e o técnico Hemerson Maria ressaltam a campanha feita pelo Vila aqui e reiteram a confiança no potencial do elenco. Nesta quarta, na reapresentação dos jogadores, o volante Geovane admitiu que o clássico diante do Goiás é diferente, no entanto, reforçou o coro de que não adianta entrar em desespero neste momento.

- Acho que temos que entrar com nível alto de concentração em todo jogo. O clássico é um jogo diferente, não tem como negar. As duas equipes precisam vencer. Nós temos que vencer para manter nosso sonho de chegar à Série A. Também podemos levantar o moral da equipe. Mas sem desespero, sabemos que temos condições de voltar ao G-4 na próxima rodada. A palavra agora é tranquilidade. Temos que ter tranquilidade e trabalhar – comentou Geovane.

O técnico Hemerson Maria não perdeu nenhum jogador por suspensão e terá muito tempo para definir a equipe que irá enfrentar o Goiás. Segundo ele, o grupo esteve pressionado durante todo o Campeonato Brasileiro e vai saber sair desta situação complicada.

- Nosso grupo é extremamente trabalhador e vai fazer isso para voltar ao G-4. Sempre estivemos pressionados, desde o início da competição. Vamos contornar isso.

Compartilhar:

Fonte: Globoesporte.com



0  Comentário(s)


Escreva seu comentário aqui

Nome: (Opcional)
E-mail: (Não será exibido no comentário)
Comentário: